Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Moção de repúdio do Conselho Universitário da UFSCar às manifestações LGBTfóbicas

Moção de repúdio do Conselho Universitário da UFSCar às manifestações LGBTfóbicas

O Conselho Universitário (ConsUni) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), reunido em sua 227ª Reunião Ordinária, realizada em 23 de junho de 2017, deliberou, por unanimidade, pela publicação de moção de repúdio às manifestações LGBTfóbicas e à apologia ao nazismo estampadas nas paredes dos corredores desta Universidade ocorridas recentemente.
A UFSCar reforça o seu compromisso com o combate a todas as formas de discriminação, preconceitos e violências étnica, racial, socioeconômica, por identidade de gênero, por orientação sexual, contra a mulher, contra pessoas com deficiência, garantindo-se o respeito aos direitos legais, bem como a valorização de identidades próprias, tendo em vista a construção e a consolidação de uma sociedade cada vez mais democrática e participativa.
A UFSCar vem demonstrando nas suas ações e políticas institucionais o compromisso de combater e prevenir o sexismo e a LGBTfobia (lesbofobia, homofobia, bifobia e transfobia). Nesse sentido, é importante destacar que a UFSCar possui uma Política Institucional de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade com diretrizes que implicam toda a comunidade universitária ao respeito às diversidades sexuais e às identidades de gênero e que tem como princípio valorizar as diversidades e promover a equidade, por meio de ações e atitudes que possibilitem a construção de uma sociedade cada vez mais justa e equitativa, tarefa fundamental de uma universidade pública.

São Carlos, 23 de junho de 2017

Prof.ª Dr.ª Wanda Aparecida Machado Hoffmann
Presidente do Conselho Universitário